Crise, Meio Ambiente e ilusão.



Toda essa discussão sobre a crise financeira que abala o capitalismo tem me causado outro tipo de preocupação, muito mais importante e real do que a queima de "dinheiro virtual" dos últimos dias, que é o meio ambiente. Ou melhor, a falsa dicotomia entre meio ambiente e crescimento econômico.
Desde que nascemos somos levados a crer que o dinheiro é capaz de transformar tudo ao nosso redor. Basta ter dinheiro que todas as necessidades e fantasias podem ser realizadas. Basta ter dinheiro que tudo é possível. Em outras palavras: a única coisa que é finita, que é escassa é o dinheiro. Todas as demais coisas são ilimitadas, e o limite das coisas é dado pelo limite do dinheiro que se tem disponível.
Mas analisando bem essa relação, tirando as amarras da ilusão econômica, é fácil perceber que a única coisa que não possui limite, escasses, é o dinheiro. Todas as demais coisas são limitadas. Quando compramos qualquer coisa, essa coisa não é infinita, sua matéria prima tem como base algum elemento da natureza, e isso tem um limite.
A natureza tem seus limites, na medida em que utilizamos os recursos naturais, menos recursos temos para usufruir. O dinheiro no mundo atual é cada vez mais virtual. Andamos cada vez com menos papel-moeda na carteira e com mais cartões. Isto é, nem o dinheiro é algo que pegamos, só sabemos que ele existe quando olhamos na tela de um computador ou do caixa eletrônico. Cada vez é mais virtual, mas os recursos naturais são reais, são limitados.
Essa ilusão da qual somos bombardeados todos os dias nós levam a crer justamente o contrário, que é o dinheiro a única coisa ilimitada no mundo, e é justamente o contrário. Mas qual a razão para manter as pessoas nessa ilusão? A razão é muito simples: para manter a economia funcionando! Mas até quando o planeta aguente todo esse consumo? Ninguem sabe, mas como isso é algo que não vai comprometer drasticamente a atual geração, pouco se pensa nisso verdadeiramente.
Algumas vozes começam a se levantar contra essa armadilha, são poucas, mas a mudança já começou. A preocupação ambiental passou a ser tema constante na mídia, dos governos e empresas. É apenas o início, mas já é alguma coisa!!!


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Porque apoiar políticas de desenvolvimento regional? Idéias sobre alguns dos dilemas atuais do desenvolvimento brasileiro.

Pequena Introdução ao Desenvolvimento: enfoque interdisciplinar

Por que as nações fracassam: as origens do poder, da prosperidade e da pobreza