PIB, Crescimento Econômico e o Futuro do País.

Hoje não tem foto para iniciar o artigo. Não por protesto ou coisa parecido, mas por falta de inspiração para o que colocar numa situação dessas. Isto é, o Brasil nos últimos anos cresceu em ritmo mais acelerado dos últimos tempos e hoje o IBGE divulgou o PIB de 2008. Apesar de tudo, ainda sim conseguimos crescer 5,1%.

Hoje também está reunido o Copom e a esperança é que a taxa Selic seja reduzida fortemente para minimizar os efeitos da forte retração do PIB no último trimestre do ano passado. O crescimento econômico desse ano vai depender, também, de como o nosso BC irá conduzir a taxa básica de juros da economia.

A principal questão que deve passar na cabeça de muitas pessoas desse país é: estamos todos refens de um grupo de pessoas que decidem uma determinada taxa de juros, enquanto essa mesma taxa não é, nem de longe, a base para as taxas de mercado?* o futuro do país depende realmente disso?

No meu modo de ver a vida, o futuro do país depende sim daquilo que nós, brasileiros, queremos para o nosso país, nosso estado, nossa cidade, nossa família...

Se continuarmos, enquanto sociedade, a tolerar os abusos que nos assombram todos os dias, sejam abusos políticos, onde a cada dia parecem que estão cada vez mais dissociados de todo o mundo que o cerca. A política está vivendo da própria política e da capacidade que ela tem de aumentar os ganhos e a riqueza deles próprios.

Se continuarmos a tolerar a violência, não só a que nos aprisiona, nos cerca e nos prende em nossas próprias casas, mas também a violência da desigualdade social, da exploração do homem pelo homem.

Enquanto continuarmos a tolerar essas e outras aberrações, ainda assim teremos futuro?

Boa noite a todos!!!

* Quanto a taxa Selic não ser a taxa básica da economia, como eu afirmo acima, sei que muitos economistas me criticarão por isso. Mas eu aqui os desafio a mostrar uma taxa de mercado que seja, pelo menos, similar ao da Selic. Não vão encontrar, basta olhar os juros dos bancos, todos passam de 180% ao ano!!!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pequena Introdução ao Desenvolvimento: enfoque interdisciplinar

Por que as nações fracassam: as origens do poder, da prosperidade e da pobreza

Porque apoiar políticas de desenvolvimento regional? Idéias sobre alguns dos dilemas atuais do desenvolvimento brasileiro.