Sobre a balança comercial do RN


Aproveitando que estou trabalhando a dissertação mestrado sobre o comércio exterior do Brasil e Rio Grande do Norte, vou fazer alguns pequenos comentários sobre os dados até agora coletados.

Antes de mais nada, é importante destacar o grande crescimento no comércio exterior do país de uma forma geral e no Rio Grande do Norte em particular nos últimos anos. Nesse período de 1999 a 2008 os valores evolvidos nas exportações potiguares triplicaram, passando de US$ 110 milhões para US$ mais de 346 milhões, com pico de US$ 573 milhões em 2004. As importações, por sua vez, passaram de US$ 84 milhões para US$ 207 milhões, também mostrando grande crescimento nos valores envolvidos, gerando importantes superávits comerciais.

Analisando os dados nacionais, por sua vez, observa-se crescimento nas negociações internacionais igualmente robustos, principalmente a partir de 2002, com a eleição do governo Lula, quando os superávits comerciais passaram a ocorrer com mais volume, fruto do grande aumento das exportações brasileiras.

Os principais destinos dos produtos brasileiros foram os países que compõem a zona do EURO, o NAFTA e o MERCOSUL, respectivamente, assim como também ocorre com as exportações provenientes do Rio Grande do Norte.

Por enquanto fico por aqui, depois de concluir a dissertação trago mais informações.

Obrigado a todos os leitores!!!


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Porque apoiar políticas de desenvolvimento regional? Idéias sobre alguns dos dilemas atuais do desenvolvimento brasileiro.

Pequena Introdução ao Desenvolvimento: enfoque interdisciplinar

Por que as nações fracassam: as origens do poder, da prosperidade e da pobreza