Temos a energia mais limpa do Planeta

Publicado originalmente no @blogdoplanalto



Presidente Lula durante visita à Usina Termelétrica Barra Bioenergia S/A - Foto: Ricardo Stuckert/PR
Presidente Lula durante visita à Usina Termelétrica Barra Bioenergia S/A - Foto: Ricardo Stuckert/PR

O Brasil é o país do mundo que produz a energia mais limpa, segundo afirmou o presidente Lula nesta segunda-feira (27/9), em Barra Bonita (SP), durante a inauguração simultânea de oito usinas termelétricas a biomassa de cana no estado de São Paulo.
“Da parte do governo federal vamos continuar a fazer todo o incentivo para que a gente ensine a Europa e os Estados Unidos que nós aqui no Brasil não apenas falamos em um mundo menos poluído, com menos gás de efeito estufa, nós estamos cumprindo a nossa parte. O Brasil é hoje o país no mundo que tem a energia mais limpa do planeta. Quando alguém quiser falar de energia limpa, esteja onde estiver, em qualquer lugar do mundo, eles têm que olhar para o mapa e saber que tem um país chamado Brasil que não fala, faz a energia mais limpa do planeta Terra”.
Lula lembrou, ainda, que é preciso humanizar o trabalho do corte de cana no Brasil e que é um compromisso do governo dar formação a esses trabalhadores para que eles tenham outras profissões “menos desumanas” como alternativa de renda e ocupação.
“Enquanto vocês estiverem trabalhando, é preciso ter a garantia da água potável, é preciso ter a garantia do banheiro, tem que ter a garantia do bom transporte, tem que ter a garantia de condições de trabalho mínimas que qualquer cidadão precisa na face da terra. Eu tenho fé em Deus que a gente vai ser exemplo para todo o território nacional e que a gente vai juntos – empresários, governo e trabalhadores – construir uma alternativa para que vocês que trabalham no corte de cana hoje possam trabalhar amanhã em um outro trabalho menos penoso, menos sofrível”.
A biomassa é a matéria orgânica utilizada na produção de energia. Dentre as biomassas mais utilizadas estão a lenha, o bagaço da cana-de-açúcar, papéis, entre outros. Antes, o bagaço de cana era considerado rejeito e, muitas vezes, queimado, emitindo gases poluentes. Com as usinas a biomassa, o que era lixo passa a gerar energia renovável.
As oito usinas inauguradas são: Barra Bioenergia S/A (Barra Bonita), Cocal 2 (Narandiba), Conquista do Pontal (Mirante do Paranapanema), Clealco-Queiroz (Queiroz) , Iacanga (Iacanga), Destilaria Andrade (Pitangueiras), Noble Energia (Sebastianópolis do Sul) e Açucareira Ester (Cosmópolis). Juntas, as oito usinas termelétricas terão 543 MW de potência instalada e 194,6 MW médios de energia assegurada ao sistema elétrico. Essa obra do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) recebeu um investimento de R$ 853,61 milhões.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Porque apoiar políticas de desenvolvimento regional? Idéias sobre alguns dos dilemas atuais do desenvolvimento brasileiro.

Pequena Introdução ao Desenvolvimento: enfoque interdisciplinar

Por que as nações fracassam: as origens do poder, da prosperidade e da pobreza