Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2011

“Casamento real” e os súditos da mídia

Imagem
Publicado originalmente no blog deAltamiro Borges


A busca por audiência não deve ser a única justificativa para a overdose midiática na cobertura do “Casamento Real”. Revistonas dão capas melosas para a união do príncipe William com a “plebéia” Kate. Jornalões gastam papel com fofocas e futricas. O pior, porém, ocorre nas emissoras de televisão – em todas elas, sem exceção. Blocos e blocos nos telejornais para divulgar banalidades.

A mídia corporativa parece adorar a vassalagem. É servil diante das monstruosidades imperiais dos EUA, assim como é vassala diante da monarquia decadente da Grã-Bretanha. A mídia dominante reproduz a ideologia das classes dominantes. Criminaliza os pobres e reverencia dos ricaços – inclusive as ostentações e sandices da decrépita “família real”.

Monarquia decadente e parasitária

Na difusão dos valores “morais” da aristocracia, a imprensa sensacionalista deixa de lado até as agruras do capitalismo no país. No primeiro trimestre deste ano, o PIB britânico cres…

O exemplo vale mais que a palavra

Imagem
Esse vídeo é bem didático. Mostra a força que tem o exemplo na criação dos filhos. Veja e se emocione.


Foi bom pra você, direita midiática?

Imagem
Publicado originalmente no Blog da Cidadania


Durante anos (entre 2003 e 2010), este país viveu confrontos políticos entre o governo federal, de um lado, e a grande imprensa e a oposição do outro que chegaram a fazer o país temer que acabassem em uma guerra civil ou em (outro) golpe de Estado.

Para se ter uma idéia do nível de virulência que a direita midiática empreendeu na tentativa de voltar ao poder, supostos jornalistas chegaram a escrever livros sobre o ex-presidente Lula e seu partido que, mais do que difamar, pretendiam meramente insultar.

Os títulos desses livros dão bem a dimensão do clima político que vigeu durante anos: “O país dos petralhas” e “Lula é minha anta”, de autoria, respectivamente, dos colunistas da revista Veja Reinaldo Azevedo e Diogo Mainardi.

A Veja foi um capítulo à parte. Durante pelo menos seis anos, toda semana trazia um “grande escândalo” do juízo final contra o governo Lula, que, daquela vez, derrubaria aquele governo.

O site da Agência Reuters, perto …

Entre o bombom de cupuaçu e o bafômetro

Imagem
Publicado originalmente na Carta Maior e posteriormente no Viomundo



O excelente Quanto Tempo Dura? brincou: e se fosse o Lula? E se o Lula tivesse se recusado a passar pelo teste do bafômetro? E se o Lula tivesse levado sete pontos na carteira e tomado a multa — que equivale a de alguém que dirige alcoolizado?

por Luiz Carlos Azenha

A Carta Maior levou o desafio ao pé da letra e foi buscar um exemplo de como a Folha de S. Paulo se comportou em uma situação muito menos grave que envolveu Lula: o caso do bombom de cupuaçu.



Escreveu a Carta, em texto que se tornou viral na rede:

Sem dúvida o aspecto mais chocante no episódio da blitz da Lei Seca, no Rio, que flagrou Aécio Neves dirigindo com habilitação vencida e metabolicamente impossibilitado de soprar o bafômetro, não foi o fato em si , mas o comportamento da mídia demotucana. Os blindados da ‘isenção’ entraram em cena para filtrar o simbolismo do incidente, ‘um episódio menor’, na genuflexão de um desses animadores da Pág 2 da Folha…

Qualquer semelhança com FHC é mera coinscidência!

Qualquer semelhança com FHC é mera coincidência!! (via @conversaafiada)

Nesse momento que se fala em desarmamento, uma lembrança cruel

Imagem
Desde ontem o Brasil está chocado com a brutalidade de um ato covarde de um jovem contra crianças e adolescentes numa escola no Rio de Janeiro. Diante disso, muitos têm defendido a idéia do desarmamento, inclusive na grande imprensa.
Mas nós passamos recentemente por uma consulta pública (o referendo das armas) sobre o assunto e vejam quem era contra o desarmamento:


Depois perguntam porque nós, blogueiros sujos, chamamos esse tipo de imprensa de golpista...

Nesse dia do jornalista, um belo manual do Sakamoto para subir na carreira

Imagem
Esse texto do @blogdosakamoto é um primor de ironia, mas reflete bem o papel do jornalismo no Brasil. Liberdade de imprensa, de pensamento, hoje, na grande imprensa, é praticamente inexistente. Todos devem apenas reproduzir, sem nenhum constrangimento, o manual pré-estabelecido. Fugir disso é demissão imediata (como temos visto acontecer ultimamente).

Leiam e reflitam sobre o manual!


Por Leonardo Sakamoto, em seu blog

Belém - Prometi que ia fugir de efemérides e datas comemorativas, a grande muleta de um pequeno colunista, como eu, mas não resisti. Afinal, hoje, 7 de abril, é Dia do Jornalista Brasileiro (para alguns, também o Dia do Jornalismo). E, como todos sabem, um dos esportes preferidos deste blog é a autoflagelação, através de uma tentativa inconsequente de desmistificar a própria profissão. Porque nu é mais gostoso.
Então, despidos de vaidade, vamos atender ao pedido de uma leitora. Ela, estudante de jornalismo, escreveu para este blog dizendo que quer ser articulista e pedindo …

Fiori e a nova corrida imperialista

Imagem
Extraído doblog do Miro


Reproduzo entrevista concedida por JOSÉ LUÍS FIORI à jornalista Eleonora de Lucena, publicada no jornal Folha de S.Paulo:

A guerra na Líbia faz parte de uma nova corrida imperialista que vai se aprofundar, diz José Luís Fiori, coordenador do programa de pós-graduação em economia política internacional da UFRJ. Para ele, potências disputam recursos estratégicos na África, mas os conflitos não têm a ver apenas com o petróleo. Nesta entrevista, Fiori fala também sobre o poder dos EUA, que ele enxerga vivendo uma crise de crescimento. A seguir a íntegra da entrevista.

Como o sr. analisa a guerra na Líbia?

É evidente que não se trata de uma discussão sobre o direito a vida dos líbios, ou sobre os chamados direitos humanos, e menos ainda, sobre democracia. Nesta, como em todas as demais intervenções deste tipo, de europeus e dos EUA, feitas neste último século, jamais se esclarece a questão central de quem tem o direito de julgar e arbitrar a existência ou não de desre…

Honeycomb no Galaxy Tab? Sim, nós podemos!!

Imagem
Amigos proprietários de Galaxy Tab, nossos problemas estão quase acabando! Vejam o que esse cara está conseguindo fazer, trazer o Honeycomb para o Tab. Claro que o tem vários bugs, mas mesmo assim é animador ver o que já conseguiram fazem em tão pouco tempo.
Que a força esteja com você camarada!!!