Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2017

Infraestrutura e Logística no Brasil

Imagem
Resumo do texto:
Infraestrutura e Logística no Brasil Autor: Carlos Lessa
A matriz energética brasileira tem peculiar configuração estrutural quando comparada a mundial. Em 2006 o Brasil produziu aproximadamente 226 milhões de toneladas equivalentes de petróleo (TEP). A economia brasileira consumiu 2% da energia consumida pelo mundo. Seu traço mais marcante é o peso elevado de fontes energéticas renováveis, quando comparado ao resto do mundo, onde o Brasil representa 44,9% da TEP e o mundo somente 10,6%. Principal forte é hidráulica, seguido pela cana-de-açúcar e a lenha. A dimensão inquietante de nossa matriz energética reside no consumo per capita, que é de 1,21 TEP, enquanto a média mundial é de 1,69% TEP e dos países da OCDE é de 4,67% TEP. Programas como o Luz para Todos e o Projeto Ribeirinhos tem papel importante de levar energia elétrica para as populações mais pobres e distantes do país. O desafio para a evolução energética do país, a longo prazo, consiste em ampliar e melhor dis…

Desequilíbrios regionais e concentração industrial no Brasil: 1930 - 1970

Resumo do texto:

Desequilíbrios regionais e concentração industrial no Brasil: 1930 – 1970 Autor: Wilson Cano

1. Introdução

O erro de interpretação da questão regional se deve a ver compartimentadamente o problema, que conduz a um debate que leva, em alguns casos, a uma verdadeira “disputa entre estados”.

1.1. Conscientização política e teórica da questão regional

O regionalismo brasileiro faz parte de nossa história política e social, tendo-se manifestado nos movimentos relocionários regionais do século XIX, pelo debate parlamentar desde o Império, e no século XX, pelo agravamento do problema das secas no Nordeste. Entretanto, o tema ganhou destaque na discussão política nacional a partir da década de 1950. A Cepal surge no contexto do final da segunda guerra, estabelecendo a proposta de industrialização dos países subdesenvolvidos como única forma de deter seu empobrecimento frente aos países centrais. A Ciência Regional surge na década de 1950, nos EUA e França para tratar da discussão dos…